Pure Grão Company


Começamos nossa companhia em meados de Abril deste ano e desde então sempre buscamos o aperfeiçoamento em todas as etapas do café, sempre selecionando os melhores cafés para compartilhar novas experiências com você!

A seguir apresentamos a história da origem de nosso café Marengo.

De grande tradição, a fazenda denominada “Granja São Francisco” foi adquirida no ano de 1937 pelo Senhor Octaviano Pinto Lopes Ribeiro, avô materno de Otaviano Ribeiro Ceglia, atual proprietário.
Renomado e experiente empresário do ramo de exportação de café nas décadas de 30 e 40, o então patriarca da família, através da empresa “Pinto Lopes e Cia. Ltda.”, fez considerável fama nos meios comerciais onde atuava pela sua grande visão empresarial e espírito empreendedor, que o levaram a reconhecer de antemão as qualidades peculiares das terras de cafeicultura do Sul de Minas. Já naquela época, pôde identificar e vislumbrar a potencialidade da microrregião de Carmo de Minas para o cultivo dos cafés de finíssima qualidade hoje produzidos e assim reconhecidos.
Assumindo a fazenda, Otaviano Ribeiro Ceglia opta então por uma administração dinâmica e profissional da Granja São Francisco (a Gleba São Francisco e a Gleba Flamengo pertencem à Granja São Francisco), determinando dentre outras providências a renovação imediata dos cafezais existentes e o plantio de novas variedades mais propícias e adaptadas à região.
As lavouras são cultivadas numa altitude variável entre 900 e 1.300 metros, cujo relevo, muito característico da região, é reconhecido como ambiente ideal para a cafeicultura de montanha, não somente pela excelência de suas terras e pelas temperaturas amenas durante o ano todo, com estações definidas e níveis de precipitação bem distribuídos, mas também pela beleza do lugar, onde a atividade é desenvolvida em estreita sintonia com a natureza.
O respeito e os cuidados com o meio ambiente há muito fazem parte das diretrizes de exploração da propriedade, onde a consciência ecológica do proprietário e seus familiares, juntamente com os colaboradores que atuam na fazenda, mantiveram preservadas a exuberante flora e a fauna do lugar, uma região típica da Serra da Mantiqueira. Basta dizer que nascem, de seus generosos mananciais, as águas cristalinas que abastecem a cidade de Carmo de Minas (MG).
Para o êxito de seus negócios, a Granja São Francisco conta atualmente com 12 colaboradores diretos, que residem na própria fazenda com seus familiares, tendo acesso à saúde e à educação. Na época da colheita, a
demanda por mão-de-obra temporária para derriça manual do café garante colocação e sustento a outros trabalhadores vindos da cidade.
Otaviano, juntamente com sua esposa Maria José Junqueira Ceglia e seu filho Luís Eduardo Junqueira Ceglia, vêm aproveitando as características que a região oferece e a experiência adquirida com o manuseio e a produção de café para atenderem às exigências do mercado, que busca cada vez mais cafés de qualidade.
Procuram agregar valores ao produto final sem abrir mão da produtividade de suas lavouras, contando com o apoio agronômico e tecnológico da COCARIVE, em parceria com a EMATER-MG.
No ano de 2007, a Granja São Francisco conquistou a terceira colocação da categoria “Cafés Naturais” no 4o Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, promovido pela EMATER-MG.
Em 2008, obteve a sexta colocação no 9o Concurso de Qualidade Cafés do Brasil – Cup of Excellence.
Aliás, foi neste ano também que a propriedade passou a ser certificada pelo Programa Certifica Minas Café.
Foi finalista, em 2009, do 10o Concurso de Qualidade Cafés do Brasil – Cup of Exellence e, em 2010, obteve a segunda colocação no VII Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, categoria “Natural do Sul de Minas”.
Em 2011, no 12o Concurso de Qualidade Cafés do Brasil – Cup of Exellence, a Granja São Francisco
obteve as seguintes colocações:
Luís Eduardo Junqueira Ceglia
(também foi o 2o colocado na edição 2005).
Em 2017 obteve as seguintes conquistas:
2o colocado no Concurso de Qualidade da Mantiqueira de Minas, na categoria Cereja Descascado;
2o Colocado no Concurso Aroma, realizado pela BSCA, na categoria natural e em 3o Colocado na Categoria Cereja Descascado;

Está página é destinada aos nossos parceiros, aos amantes de cafés especiais.

Home » Pure Grão Company

Mostrando todos os 4 resultados

Ver Filtros
Café Especial Pure Grão
Fechar

Marengo Nanolote Puro Sangue Árabe 250g 84 Pontos 1.250m Moído

R$ 22,90

Aquele café sofisticado, que está sempre presente em momentos importantes. Assim como Marengo (cavalo de Napoleão), tem presença e grande ousadia. Grãos 100% arábica, cultivado à altitude média de 1.250 m, variedade Catuaí Amarelo sendo Cereja Descascado.

Café com características marcantes, acidez média metálica, equilíbrado, traços de paçoca caramelizada com corpo levemente aveludado.

Pure Grão Café Especial
Fechar

Pure Grão Microlote Puro Sangue Inglês 250g 84 Pontos Moído

R$ 24,90

Um café que carrega muita inspiração e sofisticação, desde a primeira experiência.

Café Natural, variedade Bourbon Amarelo. Notas achocolatadas, altamente aromático, retrogosto amanteigado.

Pure Grão Café Especial
Fechar

Pure Grão Microlote Puro Sangue Inglês 250g, 84 Pontos Grão

R$ 24,90

Um café que carrega muita inspiração e sofisticação, desde a primeira experiência.

Café Natural, 100% arábica, variedade Bourbon Amarelo. Notas achocolatadas, corpo aveludado, altamente aromático, retrogosto amanteigado. Café cultivado à uma altitude média de 1.200 m.

Café Especial Pure Grão
Fechar

Marengo Nanolote Puro Sangue Árabe 250g 84 1.250m Pontos Grão

R$ 22,90

Aquele café sofisticado, que está sempre presente em momentos importantes. Assim como Marengo (cavalo de Napoleão), tem presença e grande ousadia. Grãos 100% arábica, cultivado à altitude média de 1.250 m, variedade Catuaí Amarelo sendo Cereja Descascado.

Café com características marcantes, acidez média metálica, equilíbrado, traços de paçoca caramelizada com corpo levemente aveludado.